7 Passos para transformar sua relação com sua criança agora, de onde você está com o que você tem!

Você quer dar ao seu filho uma educação sem gritos, palmadas e castigos mas não sabe bem por onde começar?

A Disciplina Positiva tem inúmeras ferramentas e eu separei 7 pra que você possa começar agora mesmo a praticar com sua criança uma educação com mais respeito, empatia, gentileza e firmeza.


1. Ensine a sua criança respeitar respeitando-a


2. Conecte-se com sua criança antes de corrigi-la


3. Acalme-se antes de tentar acalmá-la


4. Crie rotinas e envolva sua criança nesse processo


5. Seja gentil com firmeza


6. Seja a mudança que você quer ver no seu filhe


7. Seja paciente, consigo e com seu filhe


Mas, como assim Vivian?


Bem, gritar pra ensinar a criança a não gritar, bater pra que ela aprenda a não bater, não faz muito sentido. Concorda?


Ensinamos respeito (e tudo o mais) a partir das nossas ações.


Quando nos conectamos antes de corrigir a criança, temos mais chances de sermos ouvidos. Podemos fazer isso abaixando e olhando nos olhos da criança, antes de falar. Ou até mesmo, pedindo um abraço pra ganhar sua atenção.

Como na metáfora do avião, devemos pôr a máscara de oxigênio no outro após termos colocado a nossa. Então respire fundo, conte até 10 e aí então, com calma, ofereça apoio a sua criança.


O que está difícil? É a hora de dormir? É acordar e ir pra escola na hora certa? Sente com sua criança e pergunte a ela como e o que pode ser feito para resolver essa questão. Você vai se surpreender com a clareza e quantidade de ideias criativas para resolver um problema que as crianças podem oferecer! E fazer parte do processo, escolher junto, cria a motivação para por essas soluções em prática.


Como ser gentil e firme ao mesmo tempo? Quando reconhecemos a necessidade da criança, nomeamos e acolhemos o que ela está sentindo, somos gentis; quando mantemos os combinados, somos firmes. “Entendo que você quer muito comer esse biscoito E agora é a hora do jantar.”.


Se você não quer que seu filho grite, não grite… O exemplo sempre fala mais alto do que as palavras.


Tenha paciência consigo mesma! Mudar a forma que educamos nossos filhos é um processo que leva algum tempo, é de dentro pra fora. Tudo bem se hoje você está cansada, com fome ou preocupada com algo e deixou escapar um grito.


Peça desculpas, fale como se sente e recomece em seguida.


E paciência com sua criança, ela está aprendendo a lidar com suas emoções, assim como você. :)


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo