top of page

8 maneiras do pai se envolver com a jornada da gestação e pós-parto

Atualizado: 12 de dez. de 2023

Papel do pai durante a gestação e pós-parto: envolvimento e apoio.


A jornada da maternidade é um momento de transformação e crescimento, não apenas para as mães, mas também para os pais. Durante a gestação e no pós-parto, o papel do pai é fundamental para criar um ambiente de apoio, amor e fortalecimento mútuo. Neste artigo, discutiremos o importante papel dos pais nessa fase e como eles podem se envolver e oferecer suporte às mães e aos bebês durante a gestação.


pai envolver gestação

Durante a gestação, o envolvimento do pai é crucial para fortalecer o vínculo familiar e criar uma base sólida para a chegada do bebê. Aqui estão algumas maneiras pelas quais os pais podem se envolver e apoiar suas parceiras:


1. Acompanhamento nas consultas pré-natais

Acompanhar a mãe nas consultas pré-natais é uma forma valiosa de demonstrar interesse e apoio. Além disso, os pais também podem fazer perguntas ao médico, aprender sobre o desenvolvimento do bebê e participar ativamente do planejamento da saúde da família.


2. Participação em atividades educativas

Existem muitas atividades educativas e cursos voltados para a gestação e paternidade. Os pais podem participar desses eventos para se informar sobre os cuidados com o bebê, técnicas de amamentação, primeiros socorros e outros assuntos relevantes. Essa participação fortalece o conhecimento e a confiança do pai em relação ao cuidado do recém-nascido.


3. Criar um ambiente acolhedor em casa

Os pais podem auxiliar na preparação do ambiente familiar para a chegada do bebê. Isso inclui montar o berço, organizar o quarto do bebê, montar o carrinho e preparar a casa para receber o novo membro da família. Criar um ambiente acolhedor e seguro demonstra o comprometimento do pai com a chegada do bebê.


4. Apoio emocional e prático

Durante a gestação, as mães podem passar por uma variedade de emoções e desconfortos. Os pais desempenham um papel essencial ao oferecer apoio emocional, ouvindo e compreendendo as necessidades da mãe. Além disso, os pais podem assumir tarefas práticas, como a divisão das tarefas domésticas, permitindo que a mãe descanse e se cuide adequadamente.


Após o nascimento do bebê, o envolvimento do pai continua sendo fundamental para o bem-estar da mãe e do filho. Aqui estão algumas maneiras pelas quais os pais podem oferecer suporte no pós-parto:


5. Participação nos cuidados do bebê

Os pais ao se envolverem ativamente nos cuidados diários do bebê, como trocar fraldas, dar banho, alimentar, acalmar, alivia a sobrecarga da mãe, fortalecendo o vínculo entre pai e filho.


pai envolver gestação e parto

6. Estímulo à amamentação

Os pais podem desempenhar um papel fundamental no apoio à amamentação. Podem auxiliar a mãe na posição correta para amamentar, trazer água ou lanches durante as mamadas, e oferecer palavras de encorajamento. Além disso, podem pesquisar sobre amamentação e estar preparados para ajudar a solucionar possíveis dificuldades.


7. Oferecer suporte emocional

A chegada do bebê traz consigo uma montanha-russa emocional para a mãe. Os pais podem ser um apoio emocional constante, demonstrando compreensão, paciência e afeto. Escutar as preocupações da mãe e incentivar momentos de descanso e autocuidado são ações valiosas para promover o bem-estar emocional da mãe.


8. Estabelecer uma rotina familiar

Os pais podem auxiliar na criação de uma rotina familiar que inclua momentos de convivência e interação com o bebê. Isso pode envolver atividades como leitura de livros, cantar canções de ninar ou simplesmente passar um tempo de qualidade juntos. Esses momentos fortalecem os laços familiares e promovem o desenvolvimento saudável do bebê.


Lembrando que cada família é única e o papel do pai pode variar de acordo com as necessidades e preferências de cada casal. O importante é que o pai esteja presente, disposto a aprender, apoiar e compartilhar essa maravilhosa jornada da maternidade ao lado da mãe e do bebê. Juntos, eles formam uma equipe poderosa que contribuirá para o bem-estar e felicidade de toda a família.


Recado para os papais:

Lembrem-se que as saúdes física e mental de vocês também são muito importantes, por isso, se cuidem, mantenham os exames em dia, façam um acompanhamento psicológico, se alimentem adequadamente, pratiquem atividades físicas, tenham qualidade de sono e sempre busquem ajuda quando necessário.


Os períodos de gestação e pós-parto também são momentos novos para vocês, com isso, também passarão por adaptações. Portanto, manter os hábitos de vida saudáveis contribuirão para que consigam vivenciar a paternidade de forma mais benéfica e oferecer o suporte que suas parceiras precisam.


Vocês fazem parte desses momentos e são muito importantes!




-----------


Texto revisado pelas profissionais Lucia Helena Rodrigues e Catharina Miller

  • Catharina é graduada em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília - UCB, especialista em Neuropsicologia pelo Instituto Brasiliense de Análise do Comportamento - IBAC, pós-graduanda em Psicologia Perinatal e da Parentalidade pelo Instituto MaterOnline e em formação em Psicologia na Unidade de Terapia Intensiva pelo Instituto Catavento.

  • Lúcia Helena é formada Psicóloga pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Em andando no curso de Especialização em Psicologia Perinatal e da Parentalidade, pelo Instituto MaterOnline. Realizo atendimento pela abordagem da Teoria Cognitivo-Comportamental (TCC), cursando Pós-Graduação pelo Child Behavior Institute of Miami.


71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page