top of page

Como reconhecer uma Violência Obstétrica?

Você sabe como é possível identificar a violência obstétrica? Se informando bastante! Tanto a gestante, quanto o acompanhante precisam se empoderar para então reconhecer que cada fase exige um pouco de ambos:


No Pré-Natal: a escolha do profissional de saúde é importante. Entender como esse profissional é, o quanto ele se sente confortável com parto natural, com métodos de alívio de dor não-farmacológico e etc são peças fundamentais para saber se essa pessoa é a ideal. Além disso, é importante também pedir a opnição e conversar sobre plano de parto para sentir se esse profissional te acolhe sem julgamentos. Saiba escolher, além de estudar e se informar sobre parto e puerpério!



No Parto: Como a gestante precisa focar para poder ter seu bebê, o acompanhante de parto será a pessoa chave para observar o que está acontecendo ao redor, proteger a parturiente (mulher que está em trabalho de parto) e se comunicar com a equipe de saúde. Minhas sugestões são: proteger o ambiente, manter silêncio o máximo possível, luzes baixas, toques somente se a gestante permitir, lembrar dela se alimentar e hidratar, relembrar com palavras e afirmações que ela consegue. Sempre perguntar o porque de qualquer procedimento antes dele ser realizado (salvo casos de emergência).



No Pós-parto: Observar se mãe e bebê estão sendo respeitados no que tange a hora dourada: momento que mãe e bebê ficam juntos sem necessidade de nenhum procedimento que precise retirar o bebê da mãe por no mínimo 1h de contato pele a pele (salvo casos de emergência).


Lembre-se, ter uma Doula de confiança pode ajudar tanto a minimizar intervenções desnecessárias quanto proporcionar mais segurança a família para que essa experiência seja a mais respeitosa e amorosa possível.



Esse texto faz parte da Campanha #naLutaporGestar que tem o objetivo de combater a Violência Obstétrica através da informação.


Quer apoiar a campanha nas redes sociais?


1. Clique aqui e baixe os Cartazes da Campanha


2. Publique em suas redes usando #nalutaporgestar


3. Marque a @gestar.oficial



51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page