top of page

Eu já tenho um Obstetra por que eu preciso de uma Enfermeira Obstetra?

Atualizado: 6 de out. de 2022



Se você já iniciou seu pré-natal com um Obstetra, começou a pensar sobre o parto, está em dúvida sobre a cesárea, está em dúvida sobre o pouco diálogo que vocês estão tendo durante as consultas, gostaria de conversar um pouco mais sobre o parto mas, acha que não conhece muito, provavelmente a curiosidade levou a fazer alguma pesquisa sobre. Viu que existem outros profissionais no momento do parto mas, ainda não está claro qual o papel de cada um...Então provavelmente você já se questionou.


A enfermeira obstetra está habilitada para exercer diversas funções. Dentre elas, acompanhamento do trabalho de parto, o parto em si e o pós-parto classificado pela área da saúde como de risco habitual (baixo risco). Mas como?


Se o seu desejo é pelo Parto Domiciliar Planejado, ela estará com você e sua família realizando as consultas do pré-natal, pedido de exames, avaliando o bem estar físico, mental, emocional seu e do seu bebê em continuidade com o pré-natal médico. Ela vai preparar você e seu corpo para o trabalho de parto domiciliar e no momento previsto estará com sua equipe previamente conhecida por você e todo equipamento e material necessários, para a segurança e conforto do parto planejado em casa. (No estado do Rio de Janeiro o médico não participa do parto domiciliar, somente as enfermeiras obstetras).


Se o seu desejo é pelo Parto Hospitalar você também pode realizar os acompanhamentos nos formatos acima e também pode ter a Enfermeira Obstetra como a profissional que vai estar com você e sua família ao longo da gestação preparando vocês para o parto hospitalar. Estará conversando sobre as possibilidades do parto para quem tiver plano de saúde ou não, na rede pública e privada de saúde, poderá apresentar os diversos cenários, auxiliar a identificar cada fase do trabalho de parto, as possíveis intervenções (mecânicas, farmacológicas, naturais, não farmacológicas). Vai estar com vocês ao longo desse processo avaliando o seu bem estar geral (verificação de sinais vitais, ausculta dos batimentos cardíacos do bebê, progressão do trabalho de parto, dilatação, sinais de emergência), utilizando tecnologias leves de conforto para o que possa sentir em cada fase do trabalho de parto, ainda no conforto do seu lar. Expectando o melhor momento para vocês irem para o hospital de acordo com seus desejos e possibilidades dentro de uma conduta segura e tranquilizadora para todos, onde seu médico(a) ou equipe plantonista estarão aguardando vocês.


Você já tem uma enfermeira obstetra para chamar de sua?




67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page